Ingeteam fornecerá soluções para a automatização da rede aérea de MT da Gas Natural Fenosa

Ingeteam Power Grid, España, Transporte y Distribución de Energía

A Ingeteam foi selecionada para fornecer equipamentos INGEPAC DA™ para a automatização da rede aérea de MT da Gas Natural Fenosa. A empresa forneceu mais de 1.500 equipamentos da plataforma DA™ desde o seu lançamento em 2013, demostrando a sua confiabilidade e flexibilidade para se adaptar às necessidades das diversas companhias elétricas.

Os equipamentos DA™ integram a funcionalidade de detecção de comutação de falta direcional e de terminal remoto de telecontrole (RTU) em um único equipamento compacto, simplificando a sua instalação e reduzindo o espaço necessário no gabinete de controle dos interruptores-seccionadores telecontrolados aéreos e autoseccionadores telecontrolados.

Photo

A plataforma INGEPAC DA™, cuja funcionalidades 1DPF e 3DPF foram validadas pela Gas Natural Fenosa para a automatização subterrânea nas células 2L+1P y 3L, foi desenvolvida pela Ingeteam para cobrir qualquer necessidade na automatização da distribuição, tanto em soluções baseadas em células de MT quanto em aplicações aéreas (OCR, Recloser, etc.). Algumas das características mais significativas dos equipamentos INGEPAC DA™ são:

  • Um único equipamento possibilita a automatização de várias posições, com uma configuração independente por posição.
  • Comunicações em série e Ethernet com protocolos padrão: IEC 61850, DNP 3.0, IEC 60870-5-104, etc.
  • Detecção de comutação de falta e automatização de isolamento de falta baseado em unidades de proteção de corrente excessiva de fase, neutro, neutro sensível; com e sem critério direcional (50SG/51SG, 50/51 + 50N/51N + 67/67N /67SG)
  • Programação lógica baseada na IEC 61131
  • Servidor web para monitoramento, operação, configuração e atualização remota
  • Captação de medida de tensão via sensores ou transformadores de medição convencionais.

A Ingeteam fornecerá sensores de medição de tensão INGEPAC SR™, que viabilizam a conexão direta destes à rede, descartando a necessidade de transformadores de tensão e mantendo uma precisão de medida classe 1, de acordo com a norma EN 61869-3:2011.

Borja Sagastagoitia  PGA Utility Sales Manager

en-USes-ES